Compartilhe →

Minha mais nova ecobag, os leites e os suquinhos.

Oi gente, fim do ano passado recebi uma caixinha do correio com uns produtos novos que a Nestlé está lançando, entre eles o Leite Ninho 90% menos lactose. Para mim o leite sem lactose não ajuda muito, porque o que causa as reações é a proteína do leite (caseína) e não o açúcar do leite (lactose). Porém, meu maridinho que tem intolerância à lactose amou o tal do leite e virou consumidor. Isto é, quando os preços colaboram né, porque às vezes tem um leite em promoção que acaba compensando.

Enfim, queria compartilhar porque muitas vezes não sabemos das novidades, ou ficamos sabendo mas temos receio do produto, sabor, textura, etc. Junto veio uma coisa mais legal, gostei mais do que os próprios produtos: uma ecobag feita com as caixinhas de leite! Achei o máximo!! Deixo no porta-malas do carro e uso sempre que vou ao mercado (porque agora aqui no estado de SP é lei).  

Até fiz um vídeozinho pra agradecer a Nestlé:

 

14 Respostas para Leite Ninho com Baixa Lactose

  1. MANUELA COSTA disse:

    OLA EU FIZ O EXAME TOLERANÇA A LACTOSE E DEU POSITIVO GOSTARIA DE SABER QUAL LEITE DEVO TOMAR E SE TENHO QUE FICAR TOMANDO LEITE SEM LACTOSE PARA O RESTO DA VIDA.. OBRIGADA

    • Débora disse:

      Oi Manuela, vc está fazendo algum acompanhamento médico? Possivelmente um gastro ou uma nutricionista funcional poderão te ajudar, indicando qual o melhor leite pra vc. Provavelmente será leite sem lactose por um bom tempo. Mas eles poderão te orientar melhor. Abs e sucesso!

  2. SIRLEI DANI disse:

    MEU FILHO TINHA MUITAS DORES ABDOMINAIS PROCUREI MUITOS MEDICOS FIZ EXAMES E EXAMES E NADA ATE QUE UM DIA RESOLVI MUDAR O LEITE PARA O NINHO ,NOSSA QUE MUDANÇA JÁ NO PRIMEIRO DIA DE USO JÁ VI MELHORAS MEU FILHO ADOROU E EU FIQUEI MUITO FELIZ .
    HOJE SOU UMA MÃE DESPREOCUPADA NA HORA DE ESCOLHER O MELHOR PARA MEU FILHO OBRIGADA À NESTLÉ POR MAIS ESSA MARAVILHOSA DESCOBERTA UM GRANDE ABRAÇO SIRLEI GELATTI DANI OTAVIO ROCHA RS

  3. Erica Marçal disse:

    Debora o que vc fez pra receber estas amostra de lançamento de produtos da nestle?

    • Débora disse:

      Erica, acho que foram eles que entraram em contato perguntando se poderiam enviar o produto pra eu experimentar. Mas não custa vc entrar no site e deixar uma msg lá! :) Bjsss

  4. monica amaral disse:

    oii sou a monica não consigo achar essa nova linha do leite ninho sem lactose que mercado sera que eu acho obrigado meu filho que toma leite

  5. Rita Borges disse:

    O problema não é só a lactose, também é o problema da proteína do leite. No início o organismo aceita leite de vaca de baixa lactose. Depois, se ingerir-mos junto, o famoso comprimido importado, LACTAID de 9000ui, que é a lactase que não temos, também da certo. Mas depois de um tempo, não tem jeito.O organismo não aceita mais nada. Nem um pouquinho. Nem um biscoito. Nada. O problema é que a proteína do leite também é indigesta. A solução é um leite de proteína mais suave, como o leite de ovelha, e sem lactose, que pode ser conseguido no iogurte e no queijo se eles são feitos com leite cru e não pasteurizado. Já tem produtos assim no mercado. Como são pouco consumidores ainda, por desconhecimento de muitos, estão muito caros. A Casa da Ovelha de RS, vende o produto.
    Tem produtos de leite de cabra também, mas estes tem lactose, e muita gente também não pode com a proteína.
    O certo seria ter leite em pó de ovelha sem lactose e desnatado, ou iogurte desnatado de ovelha sem lactose, em todos os supermercados. Quem produzir isso vai ficar rico. Principalmente aqui no sul do Brasil.
    O leite de ovelha tem mais cálcio que o leite de vaca e o de cabra. Necessita menos leite para fazer o queijo. É muito saboroso, mais muito gordo. Por isso necessita ser desnatado.
    È muito normal este tipo de intolerância a lactose e a proteína do leite de vaca.
    Principalmente após os 12 anos de idade segundo os nutricionistas. O difícil é a pessoa descobrir. Eu sofri 10 anos de problema de indigestão e não sabia por quê. Cada hora dava uma reação diferente. Vontade de vomitar, irritabilidade ao mal estar, comida parada no estomago, gazes, diarréia, prisão de ventre, hemorróida, etc., e isso dura uns três dias. Todo mundo reclama de prisão de ventre …que tem que comer muita fibra… mas o problema é o leite e não falta de fibra.
    Como os produtores de leite de ovelha não se ligaram ainda no problema da população, os produtores de leite de soja é que estão ficando rico.
    O elite de soja é horrível no sabor, não alimenta igual, tem muita porcaria misturada junto ao leite, e não dar o mesmo sabor e nem consistência na culinária. Por isso ajudem a divulgar este texto na internet, e espero que breve as vacas se aposente quanto a produção de leite e as ovelhas é que serão as estrelas. No países de primeiro mundo isso já esta acontecendo.
    Rita Borges, Florianópolis, 15 de fevereiro

  6. Débora disse:

    Boa tarde Débora! Pois é, há algum tempo vi esse leite no mercado, mas continuo com problemas. Quando ainda ingeria leite (descobri a intolerância em 2009), só consumia o desnatado, tanto pela questão peso quanto pelo paladar (integral e semi desnatado me dão ânsia). Pelo que pesquisei, até agora, não há leite desnatado com baixa lactose. Você tem alguma informação diferente desta?

    • Débora disse:

      @Débora, oi xará… como quem consome os leites de baixa lactose é o meu marido, perguntei pra ele, e ele falou que tem desnatado com baixa lactose, mas depende da marca. A maioria é desnatado, mas tem que olhar.
      O Batavo, Betânia, Líder e Parmalat são semi-desnatados, o Ninho e Elegê são integrais. Mas às vezes tem alguma marca local ou regional diferente.

      Um gde bjo e boa semana!

  7. Bárbara Guimarães Nascimento disse:

    Olá Débora, vi o seu vídeo e resolvi te escrever. Descobri aos 60 anos que tenho intolerância a lactoso e parece que também ao glúten. Ainda há uma divergência com meus médicos. Um deu o diagnóstico de “síndrome do intestino irritável” Mas quem sente o problema sou eu. E resolvi pelo menos por enquanto eliminar o glúten, pois a lactose já deixei faz um tempo. É difícil o processo de adaptação, mas aos poucos vamos nos acostumando com a nova alimentação.
    A Nestlé até demorou de lançar produtos para atender à esse público, ela não quer perder essa fatia que vem crescendo a cada dia. Vou experimentar o leite para ver o que acontece.
    Um abraço fraterno,
    Bárbara

    • Débora disse:

      @Bárbara Guimarães Nascimento, pois é… no geral acho que as indústrias estão demorando para “acordar” e perceber que tem muita gente sem opção. Quem for esperto vai investir nisso!! Por enqto a gente tenta se adequar com o que tem né? Um bjão e otima semana pra vc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>