Alergia/Intolerância ao Glúten – Será que você realmente tem?

Alergia/Intolerância ao Glúten – Será que você realmente tem?

por

Desde criança, o glúten faz parte de nossa vida através do trigo, cevada, centeio e aveia. São pães, pizzas, bolos, biscoitos, bolachas, macarrão, bebidas, molhos, doces, salgados, enfim uma grande variedade de produtos com glúten que consumimos de maneira tão automática que nem percebemos o quanto comemos e nem o como nos sentimos depois que comemos. Por isto, muitos adultos que são alérgicos/intolerantes ou sensíveis ao glúten em maior ou menor proporção, desconhecem seu quadro clínico, pois muitos dos sintomas e mal estar que são sentidos, por serem diversificados, se confundem com outras doenças, levando a erros de diagnóstico.

Alergia/Intolerância ao Glúten – Será que você realmente tem?

Se você ainda não tem claro para si, se desenvolveu a alergia/intolerância ou sensibilidade ao glúten devido a esta diversidade de sintomas e diagnóstico pouco transparente, te convido a fazer o AUTOTESTE abaixo, disponibilizado no Blog Dieta sem Glúten para entender se você está ou não no hall da alergia, intolerância ou sensibilidade a proteína:

Identifique quais os sintomas que se aplicam a você nos diversos ambitos e anote em uma folha:

  • Digestivo
    • Desejo de comer coisas feitas com trigo
    • Barriga estufada / Gases
    • Síndrome do Intestino Irritável
    • Refluxo ácido
    • Prisão de ventre
    • Diarréia
    • Falta de apetite
    • Problemas de peso
    • Anemia ferropriva
    • Indigestão
    • Náusea
  • Neurológico
    • Dores de cabeça
    • Enxaqueca
    • Problemas de memória
    • Confusão mental
    • Falta de concentração
    • TDAH ( déficit de atenção / hiperatividade )
    • Dores articulares e / ou dores musculares
    • Ataxia
    • Fibromialgia
  • Hormonal
    • Fadiga
    • Problemas de sono
    • Depressão
    • Ansiedade
    • Irritabilidade
    • Mudanças de humor
    • Problemas menstruais
    • Infertilidade masculina e feminina e / ou aborto
    • Problemas de tireoide
    • Osteoporose ou osteopenia (você ou na sua família)
  • Sistema Imunológico
    • Você tem infecções facilmente
    • Congestão nasal
    • Asma
    • Erupção cutânea
    • Eczema
    • Psoríase
    • Elevação das enzimas hepáticas (transaminases)
    • Artrite, qualquer tipo – em você ou sua família
    • História de câncer – você ou sua família
    • Doença auto-imune, como diabetes, esclerose múltipla, Lupus – você ou sua família
    • Doença celíaca – você ou sua família

 Resultado:

  • Se você marcou 1-3 sintomas: a sensibilidade ao glúten pode estar desempenhando algum papel em seus problemas de saúde.
  • Se você marcou 4-7 sintomas: há uma possibilidade concreta de que você esteja sofrendo de sensibilidade ao glúten.
  • Se você marcou 8 ou mais sintomas: a probabilidade é forte de que a sensibilidade ao glúten está tendo um efeito negativo sobre sua saúde.

Se você percebeu a possibilidade de ter realmente a alergia/intolerância ou sensibilidade ao glúten, orientamos a fazer uma visita ao médico, manifestar suas percepções e solicitar alguns exames gástricos e testes de alergia que poderão confirmar ou não o quadro.

Enquanto isto experimente uma dieta livre de glúten por alguns dias; você sentirá um alívio nos sintomas e uma melhora na qualidade de vida. Mas como fazer para não comer glúten, você deve estar se perguntando? Procure uma nutricionista que lhe oriente sobre sua alimentação. Caso não tenha disponibilidade para isto, visite nosso site com diversas receitas, grupos nas redes sociais que trocam e disponibilizam receitas fáceis, práticas, simples e rápidas de fazer. Tenho certeza que você não passará fome por causa disto.

Por Tania R. Sanchess
Texto extraído do site Uma Vida Sustentável com Amor

VEJA MAIS ARTIGOS