Compartilhe!
Alimentação para as Mulheres na Menopausa

Alimentação para as Mulheres na Menopausa

por

Alimentação para as Mulheres na Menopausa

Por Tati K. Fischer*

A menopausa é um período natural na vida da mulher, quando os hormônios femininos, de forma gradual, vão deixando de ser produzidos pelos ovários. Este processo pode levar ao aparecimento de alguns sintomas, por isso muitas mulheres têm medo de chegar à menopausa, temendo calorões, aumento de peso, perda da libido, irritabilidade, entre outros sintomas desagradáveis.

A nutrição pode ajudar as mulheres que estão passando por esse processo. Uma alimentação equilibrada e rica em alimentos que auxiliam na modulação hormonal pode reduzir ou evitar o aparecimento dos sintomas.

Se você estiver passando por este período, aumente o consumo de alimentos que já se mostraram eficientes no alívio dos sintomas da menopausa, como o inhame, que contém uma substância chamada diogesnina que é matéria prima para a formação dos esteróides sexuais; a soja, rica em isoflavonas e a linhaça, rica em lignanas, ambas influenciam a síntese e o metabolismo dos estrogênios; os flavonóides da romã, que também podem ter um efeito estrogênico; o gergelim, que pode apresentar importantes benefícios para a mulher na menopausa, pois também contém lignanas; e a geléia real, que também pode auxiliar na melhora dos sintomas da menopausa por interagir com os receptores de estrogênio.

Alguns fitoterápicos como o Black Cohos, o Dong Quai e o Chastberry podem apresentar benefícios na saúde da mulher, regulando o aparecimento dos sintomas da menopausa, porém devem ser utilizados apenas com a prescrição de um profissional especializado.

Vale ressaltar que, para combater os sintomas da menopausa, além do consumo dos alimentos citados acima, devemos realizar uma alimentação balanceada, rica em frutas e verduras e pobre em alimentos inflamatórios como frituras, leite e carne vermelha. A prática regular de alguma atividade física também apresenta benefícios.

É importante lembrar que toda restrição ou mudança alimentar deve ser acompanhada por um profissional nutricionista especializado, que tratará do problema individualmente e analisará se os alimentos citados poderão ser consumidos de forma segura.

*A autora é nutricionista pós-graduada em
Nutrição Clínica Funcional, sócia-diretora da Clínica de Nutrição NutriCare,
localizada em Jaraguá do Sul – SC – Telefone: (47) 3055-0969.

Uma resposta para "Alimentação para as Mulheres na Menopausa"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *