Compartilhe!

Viajar e não descuidar da Alimentação

por

Quem não queria um lugar desses?

 COMO VIAJAR E NÃO DESCUIDAR DA ALIMENTAÇÃO?

Por Tati K. Fischer*

As férias estão chegando! Com certeza todos já fizeram planos, reservaram hotéis, compraram passagem, fizeram roteiros. É um momento para descansar e não se preocupar com nada. Mas será que dá mesmo para não nos preocuparmos com nada?

Quem tem alguma restrição alimentar ou simplesmente quer seguir uma dieta mais saudável sabe que não é bem assim. Muitas vezes tem dificuldade para continuar seguindo um cardápio balanceado durante as viagens. Por isso, é muito importante não nos esquecermos de planejar muito bem também nossa rotina alimentar durante as férias.

A preparação já começa durante a viagem de carro ou avião. Para evitar ficar muitas horas sem se alimentar e não precisar comer em lanchonetes de beira de estrada, os lanchinhos são uma boa pedida. Mesmo que seja um trajeto não muito longo, é importante que você vá preparado, pois os congestionamentos são comuns nessa época do ano. Lembre-se de levar seu lanche em uma bolsinha térmica e evitar alimentos muito perecíveis. Algumas opções são frutas fáceis de consumir (banana, maçã, pêra, etc), oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, etc), barrinhas de sementes, biscoitos leves e pães sem glúten. Lembre-se também de levar garrafinhas de água mineral. Se for viajar de avião, no momento da reserva das passagens certifique-se de pedir que a refeição no vôo seja especial, sem o alimento que você é alérgico/intolerante.

Na hora de reservar o hotel também vale dar uma conferida nas opções de café da manhã. Pergunte se servem frutas frescas, sucos naturais e opções sem glúten e leite. Também é interessante hospedar-se em hotéis do tipo flat, pois normalmente os quartos possuem uma cozinha em que você pode preparar sua própria refeição.

Antes de viajar pesquise bem sobre a cidade que você vai visitar. Procure por restaurantes saudáveis, vegetarianos, lights; lojas especializadas em produtos naturais; e supermercados grandes. Também vale dar uma pesquisa na cozinha típica local, pesquise quais os principais pratos típicos e os ingredientes que os compõe.

Mesmo fazendo tudo isso a prevenção é importante. Leve uma bolsinha com alguns produtos isentos de glúten/leite. Durante os passeios também sempre tenha na bolsa algum lanchinho para casos de emergência.

Seguindo estas dicas você pode viajar tranquilo e realmente descansar, sem a preocupação constante de se vai ter o que comer na próxima refeição.

Boas férias!

*A autora é  nutricionista pós-graduanda em
Nutrição Clínica Funcional, sócia-diretora da Clínica de Nutrição NutriCare,
localizada em Jaraguá do Sul – SC – Telefone: (47) 3055-0969 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *