Compartilhe!

TPM, Enxaqueca, Crises Emocionais…

por

[foto daqui]

TPM, Enxaqueca, Crises Emocionais…

Ô sigla ruinzinha hein?
Não sei vocês, mas minhas crises de TPM sempre foram meio intensas. Tudo começou quando as crises de enxaquecas apareceram há uns 4 anos. E continuaram aparecendo mais forte ainda. Fui no neurologista que me receitou um monte de remédios e sugeriu ir à ginecologista. Fui e ela falou que eu começasse a tomar anticoncepcionais, porque poderia ser hormonal. Comecei a tomar e diminuiu bastante, mas as dores de cabeça não deram trégua.
Até que um belo dia fui à nutricionista. Nos primeiros 5 min surgiram as perguntas:
– tem dor de cabeça? (sim, muita!!)
– tem inchaço abdominal? (sim, muitoooo!)
– tem muita vontade de comer doce? (sim, incontrolavelmente!!!)
Então fizemos um teste de 15 dias sem leite e derivados, e sem nada de glúten. E adivinha? Na primeira TPM, não existiu TPM!!! Milagrosamente os sintomas sumiram. Podem falar o que quiser, mas eu “senti na pele essa emoção”…

Esse inverno me descuidei um pouco, esse último mês me descuidei totalmente e adivinhem o que aconteceu? Semana passada foi A CRISE DE TPM MAIS CHOROSA E DEPRESSIVA dos últimos tempos. Comi adoidado, tudo errado, faltei academia, faltei aula, chorei um monte, resmunguei um monte, perdi a paciência com Deus e o mundo… credo! Ainda bem que tenho um marido muito paciente e compreensivo, porque nem eu estava me aguentando. Imagine ele? Coitadinho…

Enfim, hoje resolvi voltar com minha dieta. Sei que vai ser mais difícil, porque quando eu saio do ritmo, pra voltar demoro pra pegar no tranco! Mas eu vou tentar sim. Ninguém merece sofrer né?
Abaixo algumas dicas de alimentação e alongamento para convivermos (ou até eliminarmos!!) essas benditas letrinhas (TPM) no nosso alfabeto. Bjos e bom resto de semana pra nós!

SOBRE A T.P.M.:

Causas
Calcula-se que, no mundo, 40% das mulheres sofram de TPM, mas os sintomas e a intensidade deles variam acentuadamente. Ao longo dos últimos anos, pesquisadores continuam tentando compreender este conjunto de sintomas que atinge as mulheres de sete a 14 dias antes da menstruação e só costumam desaparecer 24 horas depois do seu início.
A causa da TPM ainda não foi descoberta. Embora os sintomas estejam claramente ligados às taxas de hormônios, não foi diagnosticado nas mulheres com TPM um nível de hormônios diferente daquelas que não sofrem do mal.
Tratamentos
Por não ter uma causa definida, o tratamento dependerá do diagnóstico de cada paciente, já que os sintomas mais comuns são tratados separadamente. A medicação depende do mal predominante. Analgésicos, implantes hormonais e até antidepressivos têm sido usados.

Normalmente, as mulheres com TPM convivem com os sintomas durante anos até pensarem em se tratar. A primeira fase do tratamento consiste basicamente em adquirir hábitos mais saudáveis – capazes de reduzir drasticamente os desagradáveis efeitos de alguns sintomas.
Entre estes hábitos estão praticar exercícios regularmente, eliminar a cafeína – estimulante que pode aumentar a sensação de cansaço –, largar o cigarro, evitar excesso de bebidas alcoólicas (que podem acentuar sintomas como depressão e enxaqueca), e buscar formas de reduzir o estresse. Medidas saudáveis, e não só para as mulheres, aliás.
Embora nada possa ainda ser anunciado para a cura total da TPM, alguns alimentos parecem piorar os sintomas, enquanto outros podem aliviá-los. Uma dieta rica em potássio e carboidratos ajuda a eliminar o inchaço. Diminuir o sal e aumentar a ingestão de líquidos também contribui para aliviar este sintoma.

Auxílio
Movimentos de yôga também podem ajudar a amenizar a TPM, atuando como relaxantes em dias de fúria ou estimulantes quando o problema é a sensação de moleza. Para os dois casos, a professora Maria Renée Janikian, da Fórmula Academia, sugere a sequência de 12 posturas da saudação ao sol (surya namaskar). O resultado varia conforme o jeito de respirar e o tempo usado no movimento.

Para ESTIMULAR execute cada postura na sequência, sem tempo de permanência em nenhuma delas; a ênfase é colocada na inspiração.


Para RELAXAR vale a mesma sequência, mas com pequena permanência em cada postura (alguns segundos), respirando naturalmente algumas vezes.

Dicas de Alimentação
1. Reduza a ingestão de cafeína. Contida no café e chás escuros, nos chocolates e em muitos refrigerantes, a cafeína aumenta a ansiedade e a instabilidade emocional.
2. Diminua o consumo de bebidas alcoólicas, que normalmente provocam dores de cabeça, fadiga e depressão.
3. Controle o sal e os alimentos ricos em sódio, como enlatados, embutidos, refrigerantes, temperos prontos e caldos de carne. Isso reduz o inchaço causado pela retenção de líquidos pelo corpo.
4. Aumente a ingestão de alimentos ricos em cálcio (amêndoas, algas, os vegetais verdes como brócolis, folhas verde-escuras como couve, sementes de gergelim, feijão e grão-de-bico cozidos, tofu, etc). Isso vai ajudar a reduzir o inchaço e a variação de humor.
5. Consuma alimentos diuréticos, que ajudam a diminuir a retenção de líquidos, como abacaxi e melancia.

Não se renda ao chocolate: é comum a mulher sentir vontade de comer doces no período pré-menstrual. Isto ocorre porque o açúcar libera endorfina, gerando uma sensação de bem-estar. No entanto, ele também facilita a retenção de líquido; além disso, os doces são muito calóricos, o que muitas vezes promove o ganho de peso. Assim, a melhor opção é substituí-lo por um alimento de sabor doce, mas que não contenha açúcar.

*E eu ainda incluo nessas dicas de alimentação uma dica de ouro que minha nutricionista passou pra mim. Toda vez que eu faço é certo que a TPM vai passar em branco: isenção total do glúten 10 dias antes de vir a menstruação. Junto com a alimentação balanceada, é tiro certeiro!

[Fontes: Saúde na Rede, Folha OnLine, Ideal Dicas]
10 respostas para "TPM, Enxaqueca, Crises Emocionais…"
  1. Olá gente, tenho TPM intensa, fico agressiva, com stress, choro muito quando estou irritada… Enfim, é muito estranho, porque por dentro reconheço a minha intolerância, mas não consigo controla meu impulso emocional, sei que preciso de tratamento, eu fico doente principalmente na semana que antecede o meu ciclo menstrual e isso está prejudicando minha vida pessoal. Peço ajuda de vocês
    Bjos

    • Laura, minha nutri deu uma dica… 15 dias antes da mesntruacao experimente tirar tudo q tenha gluten e leite da sua alimentacao. Faca isso no seu proximo ciclo e depois me cinte. Bjsss e sucesso!

  2. Olá, tudo bem ?

    eu tenho IL e muita TPM e enxaqueca.

    a intolerância tem relação ? mesmo eu não tendo a glúten ?

    Obrigada, e parabéns pelo trabalho de vocês!

    • Oi Talita… bom, no meu caso eu não tenho IL mas APLV. Quando tirei o leite as enxaquecas sumiram, e a minha TPM sumiu quando tirei o glúten… mas isso foi o que a minha nutri indicou. Minha sugestão é que vc procurasse uma nutri pra ver o que ela indicaria pro seu caso, já que cada pessoa é diferente né? Vá nos atualizando!! Bjsss

  3. OLá,
    gente e eu que não como chocolate, docura tbem é muito muito dificil, e tenho TPM com enxaqueca, nao sei mais o que faço, fiz o que o ginecologista falou , em fazer atividade física, e tbem voltar a tomar pilula, mas pedi para meu marido fazer vasectomia para não mais tomar pilula, e ele me pede pra voltar a tomar…..que coisa…so sei que é dificil, meu deus, ter que trabalhar desse jeito…pq se pegar atestado por um motivo desse, não é fácil, não pé justo e ainda ser chamada de fraca, enjoada…..

    • @Cleri Luciane de Freitas, oi querida…. porque vc não procura um profissional nutricionista? Talvez poderia lhe ajudar… antes de descobrir q minha enxaqueca era por causa do leite, eu fui no neurologista, fui na ginecologista, cada um falava q era uma coisa, ou q nao era nada… depois q comecei a reeducação melhorou. Tenta ir q vc vai ver como melhora!! Bjos bjos

  4. Deh!
    Olha que legal… pelo menos pra mim funciona pq nao sou chocooooolatra, mas vale a pena tentar: qdo tenho uma vontade tremenda de comer chocolate ou doces, pego uma banana, corto no meio coloco no micro 30 segundos, tempero com canela, farelo de aveia (pra quem pode) e um tikinho de mel. Fica uma delicia e a vontade passa!
    Saudade do’ce, nega!
    bjusss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *