Compartilhe!

Pesquisa de Opinião dos nossos leitores

por

pesquisa de opiniao

Olá queridos amigos e amigas do Sem Glúten e Sem Lactose.

Sabendo que somos uma comunidade que se ajuda muito mutuamente, tenho um pedido a fazer. Montamos uma pesquisa de opinião, que surgiu de uma iniciativa pessoal. Na verdade vendo como eu mesma tenho dificuldade em encontrar certos produtos e variedades nesse mercado específico, pensei em desenvolver uma pesquisa que pudesse auxiliar as empresas a melhorarem o atendimento para nós, que somos o consumidor final.

Com esse resultado em mãos pretendo melhorar o conteúdo do nosso site e também firmar parcerias que nos auxiliem e facilitem nossa vida. Fiquem tranquilos, os e-mails não serão divulgados, apenas o restante da pesquisa.

Espero contar com a participação de todos, pois quanto mais adesão tivermos, melhor será para identificar qual é a nossa maior necessidade. Eu também vou responder!

RESPONDER PESQUISA DE OPINIÃO.

Muito obrigada, vocês são demais!
Débora.

12 respostas para "Pesquisa de Opinião dos nossos leitores"
  1. Meu marido é celiaco. Sempre foi e teve uma infacia dificil em termos de saude. Meu pai nem queria que eu casasse com ele por que dizia que ele era desnutrido.DEscobriu depois dos 30 anos anos ficar 4 meses com diarreia e ser internado diversas vezes nesse periodo. Quando veio o diagnostico selou nossas vidas para sempre. Aí lá fui eu pra cozinha preparar e errar muitas receitas até acertar. Hoje conseguimos adquirir em nossa cidade de Itajaí Pães sem gluten e até Kit festa tipo coxinha e risoles sem gluten. Consigo docinhos e tudo. Faço bolos de chocolate, cenoura, milho e toda a familia curte, nem sabem que são sem gluten. Não é facil nas viagens internacionais pois em outros paises os alimentos não publicam nas embalagens e as pessoas dos restaurantes não sabem oq eu é isso. Pensam sempre que tem a ver com leite. Meu marido viaja muito e passa fome no avião. Ele come ovinhos de amendoim da Elma chips que é sem gluten e bolachas sem gluten da Vitao. Ele leva alguns pacotes e em em alguns casosjá ficou até 5 dias só comendo isso. e

    • Nossa Lilian, fiquei impressionada com a história, coitado do seu maridinho… Menina, vamos pesquisar mais produtos do tipo “snacks” pra que ele possa levar junto nas viagens né? Uma dica é informar antes para o hotel que ele vai ficar hospedado providenciar alimentação especial!! E nos vôos também, tenho certeza que eles podem fazer alguma coisa!!

  2. Olá Débora, não tenho nenhuma restrição alimentar, mas sou estudante de gastronomia e trabalho em um hotel na parte de confeitaria e padaria. O número de hóspedes que tem algum tipo de restrição alimentar é muito grande, em sua maioria são intolerantes a lactose e celíacos, percebi que eles não tinham cardápio especial pra essas pessoas, na maioria das vezes era servido gelatina, e só. Comecei a brigar e dizer o quanto era necessário que queles hóspedes tivessem o mesmo tipo de cardápio rico dos outros, o hotel é um resort 5 estrelas, fico me perguntando como acontece em outros lugares. Te achei pesquisando pelo google e desde então tem me ajudado muito na criação desse cardápio especial. Muito obrigada.

  3. Olá sou celiaca , descobri há 4 anos , foi muito dificil pq quase tudo tem gluten , no começo tive que pedir alimentação separada no meu serviço , nossa muito dificil , nos restaurantes o pessoal utiliza o mesmo óleo que faz frituras com farinha para batatas fritas isso é muito grave então sempre passo vontade comer as coisas e sempre tem pessos com pouca vontade de verificar se algum alimento preparado tem ou nçao glúten ….fazer o que né …mas levo a minha minha vida assim mesmo , qdo vou há festas me alimento antes ou então levo algo pra comer . Já foz exame de sangue na minha filha e grças a DEUS deu não reagente ….Bom e vida que segue né .Bjs

    • Oi Gianice, é um pouco mais difícil, realmente… mas não se deixe desanimar! No fim vale a pena cuidarmos direitinho. A gente se adapta!! Obrigada pelo depoimento… um grande abraço pra você e sua filhota!! Bjss

  4. Eu, não tenho intolerância nem alergia a gluten nem a lactose, conforme exames,porém, tenho uma doença auto imune há 43 anos, e fui a uma nutricionista que me preparou uma alimentação retirando o que eu me deliciava: laticínios, gluten, açúcar, que eu já tinha observado que piorava a doença. E foi assim que, há 4 meses, ainda tenho poucos sintomas, mas não sinto mais dor, meu abdômen não distende…e é isso. Ah! Por causa dela, retirei a carnes.

    • Oi Leila, obrigada por participar. Eu também não tenho IL e nem doença celíaca, mas essas alimentos me fazem mal, principalmente a proteína do leite (que é diferente da lactose) e o glúten (quando em excesso), então a saída que eu achei foi excluir da minha dieta. Ganhei muita qualidade de vida, com certeza! Um grande abraço.

  5. Sempre tive problemas de saúde, somente aos 21 anos descobri meu problema; sou celíaca e intolerante a lactose (tenho até hj alguns problemas de saúde decorrentes da descoberta tardia, faço reposição de vitaminas, tive trombose venosa,…), na época tudo foi muito difícil era uma doença desconhecida (hoje tenho 38 anos)poucas informações disponíveis,…Uma coisa posso declarar minha vida ficou muito melhor após a dieta,…trabalho em um consultório médico, consigo dividir minhas experiências e descobertas com muitas pessoas,…Minha história é longa, vou tentar resumir; foi difícil descobrirem o que eu tinha, fiquei hospitalizada durante seis meses, entrei num quadro de desnutrição, foi tudo muito difícil, fazer dieta diante de tudo que passei acho que é o mínimo que posso fazer para manter o meu corpo saudável e em equilíbrio.Me mantenho informada, já criei receitas, quando vou a festas de amigos, eles já fazem receitas e me passam tudo que posso comer (me sinto até importante, já fui a muitas festas e não comi nada, fazia minhas refeições antes). No início é importante um acompanhamento com uma nutricionista, principalmente quando criança. Fiquei bem feliz quando descobri que agora já tem esse resultado no teste de pesinho, vai facilitar muito a vida das crianças e pais,….

    • Puxa, que história… realmente graças a Deus que hoje já existem meios e as pessoas estão cada vez mais informadas sobre isso. Ainda é difícil, mas a tendência é só melhorar, com profissionais mais atualizados, mais produtos no mercado, enfim… obrigada por compartilhar sua história! Conte com a gente, participe sempre! Um grande beijo, Débora.

  6. Tive a confirmação da minha intolerância há 2 meses atrás, estou um pouco confusa diante de tantas mudanças em meus hábitos alimentares, mas acredito que tão logo estarei me adaptando melhor, pois os resultados do gluten free e lactose estão sendo satisfatórios.

    • Oi Tania, é, no comecinho confunde um pouco… mas conforme vamos aprendendo a lidar fica mais fácil. Ali na página inicial, na parte de ARTIGOS tem alguns a respeito da lactose, leite e etc que podem te ajudar a esclarecer algumas coisas. Pesquisa ali :)
      E realmente os resultados são incríveis!!! Conte com a gente.. bjos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *