Compartilhe!

Pãozinho Rápido

por

Bom dia gente! Sexta-feira, que delícia!
E pra ficar ainda melhor, recebi uma receita enviada pela Nathalia Tebaldi Ferrão. Esse Pãozinho Rápido delícia fica ótimo pro café da manhã ou da tarde (e também sempre que bater a fominha!). Olha só o que ela conta:

“Olá Pessoal! Vi esta receita no site Vida Sem Glúten e Alergias. É tão, mas tãããão fácil de fazer, que até eu, a pessoa mais desastrada e sem paciência do mundo culinário, consegui! Sem falar que fica muito gostoso! Bem macio por dentro e crocante por fora.. foi um sucesso total. Como essa receita não vai sal, ele fica meio docinho, mas pra quem quiser pode acrescer sal sem problemas. Espero que gostem! Beijão! Obs: No site tem o vídeo da receita pra ver a consistência da massa.”

Receita original publicada em Revista Vida sem Glúten e sem Alergias, 2010 – www.vidasemglutenealergias.com

Foto: Nathalia Tebaldi Ferrão.

Pãozinho Rápido
Imprimir
Imprimir
Pãozinho Rápido
Imprimir
Tempo Preparação Tempo Cozedura Tempo passivo
10min. 25min. 15min.
Tempo Preparação
10min.
Tempo Cozedura Tempo passivo
25min. 15min.
Ingredientes
Porções:
Ingredientes
Porções:
Instruções de preparação
    Pãozinho Rápido
    1. Misturar todos os ingredientes em uma tigela, mexendo com uma colher.
    2. Quando estiver bem misturado, fazer os pãezinhos untando a palma da mão com margarina.
    3. Colocar em assadeira levemente untada e pincelar com gema de ovo.
    4. Aquecer o forno em temperatura máxima por 10 ou 15 minutos.
    5. Enquanto o forno está sendo aquecido, deixe os pãezinhos descansando. Passado esse tempo leve-os ao forno.
    6. Deixe por 5 min em forno máximo. Depois abaixe para 200 graus e deixe mais 10 min nessa temperatura.
    7. Depois abaixe novamente o forno para 180 graus e deixe assar os pães por mais 10 min.
    8. Desligue. Retire do forno. Sirva quentinho ou deixe esfriar.
    Farinha Sem Glúten
    1. Primeiramente misture bem com uma colher.
    2. Coloque no recipiente onde guardará a mistura (pote com tampa). Feche-o muito bem e agite-o bastante. Deixe uns minutinhos sem abrir para assentar e estará pronto para uso.
    3. Guardar num recipiente de plástico ou de vidro bem fechado.
    136 respostas para "Pãozinho Rápido"
    1. Eu fiz, coloquei em uma forma de pão ele cresceu ficou bonito mais despedaçou todo, não consegui cortar uma fatia, e achei muito doce!

      Acho que segui a receita a risca! não entendi o que deu errado!

    2. A receita fica uma delícia, mas recomendo colocar um pouquinho de sal ou mais açúcar pra deixar um gosto um pouco mais marcante. De qualquer forma fica a receita é ótima

      • Oi Mima. O polvilho, também chamado de fécula de mandioca ou goma, é o amido da mandioca. Tanto o polvilho azedo quanto o doce passam pelo mesmo processo industrial. A diferença entre eles é: o polvilho azedo após o processo industrial passa por processo de fermentação e o doce vai direto para o tabuleiro de secagem. Bjos.

      • Oi Lúcia. Normalmente o fermento químico (Royal) é usado quando não precisa deixar a massa crescer antes de assar (processo químico). O biológico é para massas sovadas, onde a fermentação faz o pão crescer lentamente. Bjos.

    3. Oi, fiz os pães e ficaram muito bons mas vi no site Vida sem glúten …, a quantidade de goma xantana é duas colheres de chá e aqui de sopa. O que muda? Obrigada

    4. Amei sua receita….
      Posso substitui a farinha de arroz por farinha de soja integral ou fuba de arroz, é que na minha cidade é difícil encontra farinha de arroz.

      • Não! Creme vegetal ou margarina são dois venenos, cuja composição química tem apenas uma molécula a menos que o plástico, literalmente plastificando suas artérias. Use manteiga ou oleo de coco. São gorduras saturadas e que fazem um tremendo bem ao seu coraçao. Pode usar azeite no lugar, mas nao use o extra virgem, que não suporta tanto alteração de temperatura.Jogue fora margarina e creme vegetal da sua vida.

    5. A textura desse pão lembra um pouco de goma? Sou nova nessa vida de pães sem glúten e não sei qual é a textura típica deles… Macio, um pouco úmido, bem furadinho e meio engomadinho? Lembra só um pouquinho da textura de pão de queijo (quando comparado com um pão de trigo normal, que tem miolo bem sequinho e unido)! Obrigada!

    6. Oi Débora, tudo bem? Fiz a receita e o pão ficou duro. A única substituição que fiz foi do açúcar por stévia. Pode ter sido isso que fez dar errado? Obrigado

    7. Moro no interior e aqui não tem a goma xantana a não ser na internet e o frete é quase o dobro do valor do produto. Alguém ai sabe me informar onde posso comprar isso em Belo Horizonte?

    8. Adortei o site, vou tentar me especializar em fazer pães sem glutem, sem lactose e, se possível, sem açúcar (será que existe sem este último?!). Bom, deixo aqui minha contribuição para as amigas, de como substituir a goma xantana em rceitas de pães:

      A goma xantana é um espessante criado através da combinação do açúcar do milho com uma bactéria chamada Xanthomonas campestris. Embora esse fato possa embrulhar o estômago, a goma xantana é perfeitamente segura para o consumo para a maioria das pessoas e é usada em uma variedade de produtos comestíveis. Algumas pessoas podem ter reações alérgicas à goma xantana devido à alergia ao milho e, nesse caso, a única solução é substitui-la por outros ingredientes. A goma xantana é frequentemente usada como estabilizante em receitas sem glúten porque dá liga aos ingredientes como o glúten faria, e o substituto da goma xantana serve para o mesmo propósito. As farinhas de linhaça e de coco podem ser usadas no lugar da goma xantana em uma receita de pão.

      Instruções:
      Substituindo a goma xantana em uma receita de pão
      1 Meça a quantia de farinha de linhaça ou farinha de coco. Ambas podem substituir a goma xantana na proporção de 1:1, então use a quantia escrita na receita. Não use semente de linhaça que não esteja triturada ou óleo de linhaça, pois não darão espessamento e liga à massa.

      2 Misture a farinha de linhaça ou de coco aos ingredientes secos descritos na receita de pão.

      3 Misture os ingredientes molhados em uma tigela separada.

      4 Misture os ingredientes secos e molhados e amasse bem. A farinha de linhaça pode ser um pouco mais seca do que a goma xantana, então, se a massa estiver muito seca, adicione uma colher de chá de água por vez até que a massa dê liga. A menos que sua receita peça que a mistura seja molhada, a massa não deve estar úmida pela adição de água. A maioria das receitas necessitarão que a massa de pão cresça, mas ocasionalmente uma receita com menos fermento, como o pão de abóbora ou de banana, não precisará crescer. Se a receita não pedir, não deixe que a massa descanse; ponha no forno assim que estiver pronta.

      5 . Asse o pão de acordo com sua receita.

    9. Olá, Débora!!! Adorei seu site, Parabéns!!! Fiquei com uma dúvida, adorei a receita, mas acho que fiz algo errado, acho não tenho certeza, a única diferença foi que troquei o leite vegetal por leite desnatado e a margarina que usei tinha sal, porém ficou embatumado e muito pesado, não sei se não assou direito ou se só embatumou… Fiz um pão só… o tempo de assar e o modo usei o mesmo que o seu… Abraços!!

    10. Gente, sempre faço esta receita para o meu filho que é celiaco, faço na Air fryer quem quiser fazer pré aquece 5 minutos à 200 graus e asse 15 minutos a 200 graus fica maravilhoso!!!!!

    11. Oi Débora! Seu site é maravilhoso, vc é super atenciosa, acho demais!!! Já tem dois nos que venho acompanhando, desde que descobri a intolerância ao glúten! Acabei de fazer esse pãozinho lindo e ficou ótimo:) Valeu pela receita! Um abraço

    12. Oi Débora!
      Conheci seu blog agora e estou amando!
      Em relação a essa receita, será que dar certo fazer em forno elétrico? Pois meu forno não é com fogo a gás e o elétrico, quando abaixo a temperatura ele não diminui tão rápido… rs..
      :)
      bjos

    13. Olá pessoal!
      Fiz a receita agorinha, e ameeeei… Além de rápida, ficou muito gostosa.
      Só utilizei uma mistura pronta de farinhas q comprei, e no lugar do açúcar coloquei adoçante stevia culinário (pq não posso usar o açúcar) e no lugar do leite vegetal usei o sem lactose, q tenho em casa… Ficou ótimo, super fofinho… Mas fiz um pão grande, fiquei com preguiça de fazer os pequenos hehe.
      Recomendadissimo!

    14. Gente é o seguinte, minha receita em nada ficou parecida :-), aqui em Maceió sinto certa dificuldade em encontrar alguns produtos, então, ou me jogo na cozinha ou não como :/, tentei seguir essa receita como base mas de cara tive dificuldade em encontrar a goma xantana e o cmc, com isso testei o emusificante para sorvete, ele é uma pasta com isso ao preparar a farinha tive que deixar ele de fora e colocar so na hora da receita, coloquei duas colheres de cha assim como pede na receita, percebi que posso seguir com ele a mesma medida pedida para o cmc… Outra mudança foi a farinha de arroz que também não esta disponivel sempre, pois estou tentando utilizar produtos que encontro com facilidade por isso mesmo usei a farinha de arroz, enfim, deu certo estou muito feliz com meu pão… Obrigadaaaaaaa

    15. Olá Débora, eu estou tentando fazer o pão, mas não achei a goma xantana, posso substituir por outra coisa? Estou adorando o site e o face.
      Felicidades.

    16. Boa noite!
      Não sou celíaca, mas tenho intolerância a lactose. Minha nutri retirou o glúten e a lactose da minha alimentação para ver como meu corpo se comporta!
      Fiz a receita utilizando uma farinha sem glúten pronta q encontrei numa loja de produtos naturai. Substituí o açúcar normal por mascavo. Fiz o leite de arroz integral em casa tb! Ficou mto bom! Até meu marido q não compartilha da minha dieta gostou! Adorei as receitas e as dicas. O leite de arroz fiz a receita indicada nesse blog:http://mara-flor.blogspot.com.br/2013/04/leite-vegetal-conheca-os-tipos-e.html?m=1

    17. Boa Tarde Débora!

      Gostaria de saber se posso substituir a farinha preparada por farinha de arroz.O seu site esta sendo uma bença na minha vida, depois que descobri que sou celíaca.

      Um abraço Caroline.

      • Oi Carol, td bem? Pode substituir em partes. O bom da farinha pronta é que ela tem as proporções certas… se trocar só pela farinha de arroz acho que a textura não vai ficar muito boa. Que bom que tem gostado do site! BJssss

    18. Fiz o pãozinho, ficou parecendo uma broa de fubá, só que bem macio, uma delicia, todos gostaram aqui!! Deu vários pãezinhos e a receita ficou barata, gostei muito!! A médica nutróloga que me indicou se chama Cíntia, o telefone da clínica é 43 31521738.
      Beijos!!

    19. Olá, fui numa consulta com a médica nutróloga e ela me mostrou esse site, visto que estou com alergia do glúten e da lactose, gostei muito….Parabéns!!Legal neh….. vou tentar fazer esse pãozinho rápido, estou grávida e não consigo ficar sem um pãozinho de vez em quando….Obrigado pelas receitas, depois digo como ficou….Bjinhuss

    20. Oí Débora, feliz em lhe ver sempre! Fiz agora o paõzinho Rápido! Acrescentei um açúcar baunilhado que deu um cheirinho mto bom , tb leite de coco no lugar do leite de arroz,gordura de coco no lugar da margarina!!! Achei legal este geito de ir me adaptando, p diminuir a minha injestão do glúten , uma vez q sei de alterações q vão acontecendo em nosso organismo. Parabéns pela sua disponibilidade e seu carinho! Abs

    21. Debora pegue esa receita na capa da sua pagina e estou com a mao na massa mas nao consigo que ele de a liga, pode me ajudar?

      3 batatas médias
      5 xícaras de chá de polvilho azedo
      5 xícaras de chá de polvilho doce
      1 xícara de chá de óleo
      1 ½ xícara de chá de água
      1 colher de café de sal

      MODO DE PREPARO
      1. Cozinhe as batatas e amasse-as em seguida, para formar um purê.
      2. Misture todos os ingredientes até obter uma massa homogênea.
      3. Faça bolinhas com o auxílio de uma colher de sopa. Pré-aqueça o
      forno.
      4. Coloque as bolinhas em uma assadeira e leve ao forno alto (250ºC),
      por 45 minutos.

    22. Eu não sou intolerante a nada, mas fiquei muito interessada neste assunto e decidi começar uma dieta sem glúten e lactose para ver como é a vida de uma pessoa celíaca e intolerante a lactose, tenho que admitir que é bem mais difícil em relação a alimentação e socialização já que a maioria dos eventos sociais giram em torno de comida. A partir daí percebi como é muito mais caro e difícil de encontrar produtos sem glúten e resolvi que todos deveriam saber o que é glúten e doença celíaca. Seu site salvou minhas economias (hehe)e me deu uma ideia: fazer um evento na minha casa, como se fosse um chá da tarde, porém servindo somente produtos isentos de glúten e dar uma pequena “palestra” para espalhar essa informação. Enfim, adorei seu site, tenho certeza que ajudou muitas pessoas, do mesmo jeito que me ajudou, e por influência das minhas experiências e pelo seu site quero ajudar outras pessoas, conscientizando o máximo de pessoas que eu conseguir, incluindo no banquete esse pãozinho com um pouco de geleia =P. abraços e até a próxima =D

      • Oi Lídia, tudo bem? Sim é bem mais difícil mesmo… mas olha, não sei se você chegou a ir em alguma nutricionista que te indicou essa dieta… ajuda muito no bem estar geral, no funcionamento do intestino, uma beleza! MAs tem que seguir uma orientação, não adianta sair comendo tudo só porque é sem glúten e sem lactose hehehe
        Essa sua ideia do café da tarde é muito legal!! Ali na parte dos artigos tem vários textos que se vc quiser pode pegar pra ter informações :D
        Depois tira fotos desse momento e me manda, eu coloco no face pra todo mundo ver!! :D
        Bjsssss

    23. Amei a receita! Mas encontrei um probleminha… a minha irmã tem alergia ao milho também, e por isso nao podemos usar a Goma Xantana nas receitas, por causa do milho que ela contêm. Posso usar como alternativa a Fécula de Batata?

      • Oi Mariane.. não saberia te dizer o resultado com essa substituição. Pra usar como espessante, vc já experimentou o CMC? Encontra em lojas de produtos naturais ou para artigos de confeitaria/doceria/festa. Bjsss

    24. Oieeee…

      Sou louca para fazer pão em casa, mas nunca acertei a mão na farinha sem gluten. Como sou intolerante apenas a lactose, será que com farinha integral ou normal ficaria a mesma coisa??

      • Oi Adriana!!! Florzinha, mais fácil ainda! Se vc é intolerante apenas à lactose, pegue uma receita normal de pão e altere apenas o leite (por leite sem lactose ou leite vegetal – de soja, de arroz, etc). Tenho certeza que vai dar certo! Sobre essa receita, não sei como ficaria com a farinha de trigo. Provavelmente daria certo, mas a quantidade precisaria ser ajustada. Bjsss

    25. Ola… adorei a pagina. Estou tentando me adaptar a ficar sem o glúten e a lactose, confesso que estou perdida. Vou fazer os pãeszinhos pra ver como fica. Adorei o site, pq parece aqueles Oi eu sou fulana…e ai todos respondem, Oi bem vinda… rsrsrs adorei. Não sei onde comprar a goma xantana… :(

      • Ai Cleide, tive que rir!! heheeh achei o máximo!
        No fundo é bem isso mesmo.. é + – um grupo tipo o A.A., cada um se ajuda, cada um conta sua experiência… heheeh e todos são bem vindos! :D
        Que bom que nos encontrou! Esse pãozinho é bem prático, e tem a torta salgada de maisena que é uma mão na roda. Se quiser um doce, experimente os bolos que não tem erro!! A goma xantana encontra em casa de produtos naturais, ou a goma guar ou o cmc (todos espessantes). Bjsss

    26. Boa tarde Debora, o meu pãozinho virou uma broinha..rs.. não cresceu e tb ficou endurecido, o sabor ficou bom ! qual fermento vc usou? eu substitui a goma xantana por 1 col de chá de CMC… bj

      • Oi Janaína, é o fermento de bolo mesmo. Não use o fermento biológico. Pode ter sido isso e a substituição para o CMC. Mas não desista, várias leitoras já fizeram e deu certo, às vezes na primeira não fica como gostaríamos, mas nas próximas já dá certo :) Bjsss

    27. Fiz agora pra janta, usei margarina comum e leite de vaca pq o problema aqui eh so o glúten. Ficou uma delicia! E rapidinho, o que foi ótimo, já que tenho uma criança impaciente de 3 anos.

    28. Bom Dia
      Descobri a pouco tempo a intolerância ao glúten e ainda estou me adaptando.Gostei muito do seu site,parabéns.
      Quanto a receita,gostaria de saber se posso usar a farinha sem glúten que já vem pronta.Em outras receitas eu uso sem problemas.
      Abraços.

      • Oi Elisa, que bom que gosta do nosso site, obrigada! So re a receita, sinceramente não sei qual será o resultado. Creio que vai resultar num pão, mas talvez altere a consistência. Experimente, o máximo que vai acontecer e vc ter que fazer torrada com o pão ou farinha de rosca. Depois me conte o resultado! Fiquei curiosa! Bjsss

    29. Boa noite! Fiz esses pãezinhos hj, ficaram deliciosos,fofinhos…substituí a goma xantana por 1 colher de chá de CMC; açúcar cristal pelo demorara e substituí metade do polvilho doce por fécula de batata. Pode consumir com geléia ou sem q fica gostoso.

    30. Ei bom dia !
      Testei a receita aqui e ficaram muito gostosos !
      Só tenho duas perguntas….
      1 – Quanto posso colocar de sal para que ele nao fique doce ?
      2 – A receita deu MUITOS pãezinhos… devo levar uns 2 ou 3 dias pra consumi-los… devo deixa-los numa vasilha fechada à temperatura ambiente ou é melhor colocar na geladeira ?

      Um abraço !
      Cadu.

      • Oi Cadu… ah que notícia legal!! Fico tão feliz quando dá certo :) Rendeu quantas unidades pra você?
        Bom, a conservação deles pode ser em recipiente (ou saco plástico) bem vedado e em geladeira. Até se quiser pode congelar e ir retirando conforme for sua necessidade. Antes de consumir aqueça no forninho elétrico.
        Sobre o sal, creio que 1 colh. (chá) cheia a princípio seria uma medida boa.

        Obrigada pela participação!! Um grande abraço…

        • Com 1 colher de sal ficou muito bom !
          Eu nao separo os pãezinhos nao… faço um mega pao gigante e vou cortando fatias dele depois… rsss..rsss… só pra mim dura uns 3 dias !

          Parabéns pela qualidade do seu site…

          Abraços,
          Cadu.

    31. Fiz essa receita com o CMC, não sei se foi ele ou se errei em alguma coisa, mas o resultado não saiu nem a sombra do que mostra a foto. Ficou parecendo uma mini-pizza só que doce. O sabor ficou agradável mas a textura não. Puxa vida:(

        • Ficaram muito bons! Obrigada pela inspiração. As marcas são as portuguesas.

          Alterei um pouco a receita aqui vai:
          155g de farinha de arroz Globo
          75 g mix C Shar (para ficar tipo brioche / sem esta farinha fica tipo pão de leite e a massa gruda mais às mãos)
          40 g farinha de trigo sarraceno
          195g de polvilho doce
          2 g goma xantana
          1 colher de café de psilio em pó
          15 g de fermento em pó Continente
          75 g de açúcar
          100 g Minarine Alpro Soya
          2 ovos médios e uma gema
          200 ml leite sem lactose Mimosa

          Misturar todos os ingredientes numa tigela.
          Quando estiver bem misturado, fazer os pãezinhos untando a palma da mão com óleo / àgua. Agarra mesmo às mãos pois, fica mole. Molde bolinhas ou forma de pão de leite. Pode variar colocando m alguns numa ranhura no topo massa de coco ralado (continente) / clara de ovo / açucar amarelo/ mnarine alpro soya.
          Colocar no tapete anti-aderente e pincelar com gema de ovo.
          Aquecer o forno em temperatura máxima por 10 ou 15 minutos.
          Nesse tempo deixe repousar a massa.
          Coza: 5´a 250 C, 10´a 200 C, 5´a 180 C.
          Deixe esfriar em rede de arrefecimento ou sirva morno. Bom apetite!

    32. Olá!! Gostei muito da receita…mas será que se por só as gemas ficaria bom?!?
      Minha pequena, tem alergia tbm a clara de ovo, além do leite e glúten!

      • Oi Beibiane, normalmente a clara entra para deixar a massa mais leve e fofinha… se ela tem alergia, experimente fazer só com a gema mas acrescente uma… em vez de 2 coloque 3. Talvez fique não tão fofinho, mas acho que dá certo. Depois me conta como ficou. Se der tire uma foto :D Bjs e brigada pela visita!!!! Seja sempre bem vinda!!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *