Compartilhe!

A história de Bruna Lima

por

buh

Personagem: Bruna Lima
Idade: 23 anos
Cidade: Cascavel – PR

A história

Quando o leite faz parte do seu cardápio diário em quase todas as refeições, se torna ainda mais difícil identificar a intolerância à lactose. Foi o que aconteceu com a Bruna Lima. “Nunca fui uma pessoa muito saudável, mas a intolerância à lactose me pegou de surpresa aos 21 anos de idade. Sofro muito de ansiedade e acredito que isso tenha ajudado a desenvolver este problema. Como sempre fui uma super consumidora de leite, demorou para que eu percebesse que ele estava sendo o vilão. Tomava leite toda manhã e quase toda tarde e por um acaso li os sintomas na internet e alguns batiam. Resolvi fazer um teste e ficar sem ingerir leite e derivados por um tempo, deu certo! Os sintomas desapareceram e logo fui ao gastro para entender meu problema”, conta.

O médico, então, pediu que ela fizesse o teste para confirmar se os sintomas eram mesmo da intolerância à lactose, e o resultado deu positivo. Mas aí as coisas começaram a ficar mais difíceis. “Não me recomendaram nenhum tipo de remédio ou alimentação diferenciada, apenas ouvi a frase ‘não consuma leite’, o que foi um problema, pois sou teimosa e vez ou outra acabo ingerindo queijos, iogurte, chocolate. Por algum motivo nem sempre me faz mal, então às vezes corro o risco e nada acontece, mas também já fui parar no hospital por tomar meio copo de vitamina”, relata.

Agora, dois anos depois de descobrir a doença, a Bruna conta que consegue controlar melhor a alimentação, mas comer fora de casa ainda é um desafio. “São poucos os lugares que oferecem alternativas para quem possui essa restrição alimentar. No último ano busquei mais e descobri alguns sites e grupos no Facebook, que têm me ajudado muito. E sempre que meus amigos vêem alguma matéria ou receita, logo se lembram de mim e me enviam. Não é fácil, ainda passo muita vontade, principalmente por não gostar das alternativas de soja que são oferecidas nos mercados, mas sei que há muita coisa que pode sim feita sem o uso de produtos que possuem a lactose, basta procurar, e a variedade de produtos encontrados também está cada vez maior. Ou seja, isso deixou de ser um drama na minha vida!”.

 

*O ‘Sua História’ é um espaço destinado para você internauta compartilhar sua experiência no universo sem glúten e sem lactose. Como foi a descoberta? Quais foram os primeiros sintomas? Como é a sua rotina? Gosta de testar receitas SGSL? O que mudou depois do diagnóstico? Para participar deste quadro envie um e-mail para:[email protected] que faremos o contato. Será um prazer dividir a sua história com nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *