Compartilhe!
desintoxicação

Desintoxicação

por

desintoxicação

Por Tati K. Fischer*

Todos nós tendemos a sair da linha nas férias e festas de final de ano, normalmente consumindo muitos doces, frituras e álcool, que contêm poucos nutrientes e muitas toxinas, portanto o ano novo é uma ótima época para desintoxicar o organismo depois de tanto exagero.

Primeiramente é importante evitar alguns alimentos que possam intoxicar ainda mais o corpo como gordura trans, alimentos muito processados e industrializados, excesso de sal, alimentos refinados (farinha branca, arroz branco, açúcar), cafeína, carnes assadas em carvão (churrasco), bebidas alcoólicas, adoçantes, frituras, corantes artificiais, enlatados e refrigerantes.

Para melhorar o processo de desintoxicação opte por alimentos mais alcalinos e que ajudem o corpo a eliminar as toxinas.

Exemplos:

  • Frutas: nectarina, abacaxi, framboesa, melão, tangerina, limão, melancia, goiaba, maçã, açaí, pêssego e uva.
  • Folhas verdes: espinafre, couve, rúcula, agrião, etc.
  • Condimentos: alecrim, tomilho, hortelã, orégano, pimenta, gengibre, canela, cúrcuma, cominho, etc.
  • Raízes: inhame, cará, batata doce, mandioca, etc.
  • Cereais integrais: arroz integral, arroz cateto integral, quinoa, amaranto.
  • Brássicas: brócolis, couve-de-bruxelas, agrião, couve-chinesa, couve-flor, couve-folha, mostarda, nabo, rabanete, rábano, repolho, rúcula.
  • Brotos: broto de feijão, alfafa, trevo, etc.
  • Leguminosas: lentilha, grão de bico, feijões, ervilha, etc.
  • Oleaginosas e sementes: nozes, amêndoas, castanhas, linhaça, gergelim, etc.
  • Óleos extra-virgens: óleo de linhaça, óleo de coco, óleo de macadâmia, azeite de oliva, etc.
  • Líquidos: água, suco natural sem açúcar e água de coco.
  • Chás: chá verde, camomila, hortelã, erva-doce e erva cidreira.
  • Outros alimentos: peixes, alho, cebola, abóbora, algas marinhas, tomate, beterraba e ovos caipiras.

O nosso organismo precisa de muitos nutrientes para conseguir eliminar as toxinas de maneira adequada, por isso lembre-se sempre de ter uma alimentação muito variada!

IMPORTANTE: Vale ressaltar que estas orientações são consideradas adequadas e saudáveis para grande parte da população, porém cada um possui um organismo único que deve ser avaliado individualmente, pois alguns alimentos podem agir de forma diferente em algumas pessoas. Por isso, a melhor forma de realizar uma dieta de desintoxicação é procurando a ajuda de um profissional nutricionista.

*A autora é colaboradora do blog, nutricionista, Pós-graduanda em
Nutrição Clínica Funcional, sócia-diretora da Clínica de Nutrição NutriCare,
localizada em Jaraguá do Sul – SC – Telefone: (47) 3055-0969

2 respostas para "Desintoxicação"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *