!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod? n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n; n.push=n;n.loaded=!0;n.version='2.0';n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0; t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window, document,'script','https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js'); fbq('init', '1794525367500435'); fbq('track', 'PageView');
Compartilhe!

Problemas que nos impedem de manter o peso

por

Problemas que nos impedem de manter o peso

Problemas que nos impedem de manter o peso

Por Karine Rizzardi, psicóloga

Buscar estar bem consigo mesmo e com sua imagem corporal é um dos grandes desafios do mundo moderno. O fato das pessoas engordarem e emagrecerem com oscilações, faz com que as pessoas fiquem presas a balança, gerando um ciclo vicioso na comida, capaz de intensificar ainda mais a dificuldade de emagrecer.

Após vinte anos de estudos científicos e terapias de grupo, Judith Beck chegou a algumas conclusões consideráveis sobre os principais fatores que levam as pessoas viverem em constante luta para manter a forma. Ela descobriu que um dos motivos que mais interferem para a pessoa não conseguir manter o peso são seus pensamentos sabotadores.

Toda recaída na alimentação começa primeiramente no pensamento, depois na ação, ou seja, se a pessoa consegue dominar seus pensamentos, ela certamente conseguirá ter controle alimentar, mas para isso é preciso descobrir quais são esses pensamentos sabotadores.
Eu li todo o material dessa autora e resolvi resumí-lo para você obter as informações necessárias. São estes:

  • “Não há nada de mal comer essa comida, porque isso não vai me engordar”. – Quem pensa assim não percebe que de grãozinho em grãozinho, a galinha enche o papo e o resultado pode ser o aumento de peso.
  • “Comer isso não vai fazer diferença”. – A pessoa que pensa assim está subestimando as conseqüências que se apresentarão futuramente. Cuidado!
  • “Já que exagerei um pouquinho, posso também comer tudo o que quiser no resto do dia.” – Esse pensamento ilusório pode custar muito caro.
  • “Minha amiga pensará que eu farei pouco caso da comida dela se eu comer só isso”. – Pensar assim pode ajudar sua amiga, mais pode acabar com o esforço de uma semana inteira de empenho com a alimentação.
  • “É muito difícil fazer dieta. Acho que vou desistir.” – Uma dieta pode se tornar mais fácil ou mais difícil, de acordo com aquilo que você pensará sobre ela. Tente facilitar as coisas e pensar que os obstáculos são muito menores do que os resultados que você irá colher.
  • “Eu sou muito ansiosa e não tenho autocontrole. Sei que isso nunca vai mudar.” – Não pense assim, pois todos que já lutaram contra a balança já tiveram esse pensamento, mas não deram atenção para ele. Se você acreditar nessa mentira, você poderá se arrepender profundamente, além de não conhecer quais são suas verdadeiras habilidades.

Lembre-se: Você tem que viver cada dia como se fosse único. Um dia de cada vez fica mais fácil tolerar as dificuldades, do que você pensar no sofrimento de todas as semanas. Na verdade, o cuidado é para toda vida, mas há como diminuir esse sofrimento, mudando apenas a maneira como você pensa. Todas as vezes que esses pensamentos sabotadores resolverem se manifestar, acabe com eles para não facilitar uma recaída. É você que controla o problema e não o problema que controla a sua vida. Atente-se para isso.

Dica de livro: Pense Magro, a dieta definitiva de Beck.

2 respostas para "Problemas que nos impedem de manter o peso"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *