Compartilhe!

A história de Adrielli Gonçalves

por

Adrielli Gonçalves contou sua história com a intolerância à lactose

Personagem: Adrielli Gonçalves
Idade: 25 anos
Cidade: Maceió – AL

A história

Os problemas da Adrielli com a lactose começaram cedo. “Desde a infância eu sofria com crises de diarreia. Fui muitas vezes ao médico relatando este sintoma, mas ele sempre me passava uma medicação para determinado problema e eu não cheguei a fazer nenhum teste de alergia quando criança. Passei a minha vida convivendo com a diarreia, buscando cuidados paliativos para sanar o sintoma. Não foi nada fácil”, revela.

Em 2011, ela foi diagnosticada com a Síndrome do Intestino Irritável que estaria sendo causada pelo estresse. “No ano de 2013 comecei a perder peso de uma forma drástica e sem explicação, sentia fortes dores de estômago e não me sentia bem.  Em julho, quando estava de férias da faculdade, enfrentei o pior momento da minha vida. Tive diarreia de forma contínua, todos os dias, tudo que comia eu colocava pra fora. Foi aí que bateu o desespero! Me vi muito debilitada sem saber o porquê”, conta.

Diante disso, Adrielli procurou novamente um médico gastroenterologista que solicitou os exames de rotina e também receitou a ela um abridor de apetite, já que ela estava muito magra. “Quando voltei das férias da faculdade fui em outro médico e este, quando ouviu meu relato, me pediu uma série de exames como endoscopia, colonoscopia e os testes para intolerância ao glúten e à lactose. Fiz os exames. Deu positivo para intolerância à lactose e negativo para o glúten. E as biópsias do intestino delgado apontaram uma Ileíte Inespecífica leve e gastrite. Fiz tratamento com corticoide para diminuir a reação alérgica no intestino delgado, mas segundo o médico é uma doença crônica e tenho que me cuidar”.

Depois que recebeu todo este diagnóstico, Adrielli decidiu aprender mais sobre sua doença e passou a evitar não só a lactose, mas também o glúten. A nova rotina alimentar, no entanto, não foi fácil de encarar. “Receber esse diagnóstico aos 24 anos não foi fácil, sempre gostei muito de leite e seus derivados. Em muitos momentos me vi impaciente, sem querer cozinhar, e muita vezes não queria aceitar a nova realidade. Mas o apoio da família e dos amigos é essencial neste momento delicado. Atualmente levo uma vida saudável, aprendi a cozinhar e gostar da alimentação sem glúten e sem lactose”, confessa.

As nossas dicas e receitas aqui do site também já ajudaram muito a Adrielli! “Hoje faço biscoitos, pães, pizzas. Conheci o site e já utilizei diversas receitas, todas maravilhosas. E levo uma vida normal, sempre buscando aprender mais sobre o assunto”.

 

*O ‘Sua História’ é um espaço destinado para você internauta compartilhar sua experiência no universo sem glúten e sem lactose. Como foi a descoberta? Quais foram os primeiros sintomas? Como é a sua rotina? Gosta de testar receitas SGSL? O que mudou depois do diagnóstico? Para participar deste quadro envie um e-mail para: [email protected] que faremos o contato. Será um prazer dividir a sua história com nossos leitores!

2 respostas para "A história de Adrielli Gonçalves"
  1. Olá, não creio que seja só isso. Penso que também tenha alergia ao trigo. Pois é o que mais mal faz aos intestinos. Tente confirmar. Eu não posso comer nada com trigo. Não como pão, bolos, massas ( só com farinha de milho), é um pouco difícil, mas faz-se bem. O livro sem trigo sem barriga explica tudo. Experimente. Espero ter ajudado. Teresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *