Compartilhe!

A história de Linda Vitoria | Especial Dia das Crianças

por

A história da Linda Vitoria, bebê que tem Alergia à Proteína do Leite de Vaca

Personagens: Tainah Mendes e Linda Vitoria
Idade: 25 anos e 3 meses
Cidade: Manaus – Amazonas

A história

Apesar de ser comum os recém-nascidos passarem pela fase das cólicas, as dores constantes da pequena Linda Victoria passaram a preocupar a mãe, Tainah Mendes. “Desde que nasceu, ela sempre sofreu com cólicas terríveis. Barriga muito dilatada e muito sofrimento para fazer suas necessidades. Recebeu leite materno exclusivo desde o início. Com 40 dias, após comer uma colher de chá de ricota, ela mamou normalmente, mas horas depois fez as primeiras fezes com sangue. Foi a partir desse dia que a nossa luta começou”, relata a mãe.

As idas ao médico passaram a ser constantes. Tainah decidiu trocar de pediatra, e foi então, orientada pelo novo especialista a suspender da sua alimentação qualquer derivado de leite. “Desde então não ingiro nada com leite ou derivados, soja, ovo, glúten e castanhas… É uma dieta bem restrita e acima de tudo muito cautelosa por conta dos traços existentes em muitos alimentos que nem imaginamos”.

A pequena Linda tem apenas três meses de vida, e o quadro dela foi diagnosticado como APLV (Alergia à Proteína do Leite de Vaca). Uma reação alérgica às proteínas presentes no leite de vaca e seus derivados. Isso ocorre, porque assim que os bebês nascem, seu intestino ainda está imaturo e a ingestão dessas proteínas pode iniciar um processo de inflamação no aparelho digestivo. É uma doença que normalmente acomete bebês e crianças menores de três anos.

“Minha rotina hoje é outra, desde a alimentação até os produtos que usamos na limpeza da casa, higiene, medicamentos e tudo mais que tiver a proteína. Mas depois de todas essas mudanças minha filha não sentiu mais dor, dificilmente aparece sangue nas fezes e sua barriguinha não é mais dilatada! Hoje é uma criança super feliz, bem desenvolvida e bem-humorada!”.

 

*O ‘Sua História’ é um espaço destinado para você internauta compartilhar sua experiência no universo sem glúten e sem lactose. Como foi a descoberta? Quais foram os primeiros sintomas? Como é a sua rotina? Gosta de testar receitas SGSL? O que mudou depois do diagnóstico? Para participar deste quadro envie um e-mail para:[email protected] que faremos o contato. Será um prazer dividir a sua história com nossos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *